Se a impressora 3D fosse uma impressora convencional e a mesa de impressão fosse o papel, então o filamento seria como a tinta. E a escolha dessa tinta faz toda diferença para o seu projeto. Esse é um assunto que assombra os recém chegados ao mundo da impressão 3D e desperta dúvida mesmo nos que tem mais prática.

Nesse post vamos falar dos três filamentos mais comuns para impressão 3D: ABS, PLA e PETG. Vamos focar na impressora de filamento (FFF) que é a mais comum. Se quiser entender que outras tecnologias existem para imprimir em plástico dê uma olhada nesse post.

1. Filamento de ABS

O ABS é um dos plásticos mais comuns na indústria. Derivado do petróleo com boa resistência mecânica é muito usado em peças automotivas e embalagens de eletrônicos. Por isso foi o primeiro filamento plástico a ganhar tração durante o desenvolvimento da tecnologia e hoje é o mais barato.

Resultado de imagem para ABS plastico

Porém a resistência não vem de graça. O ABS apresenta algumas dificuldades de impressão por conta da temperatura. Ao esfriar ele se retrai, isto é, encolhe. Assim pode ocasionar descolamento de camadas ou descolamento entre a peça e a mesa de impressão causando empenamento.

Embora seja possível imprimir peças menores em impressoras abertas, é recomendado usar máquinas fechadas para esse material. Nelas o ambiente interno fica mais quente e isso causa um gradiente de temperatura menor ao longo do material.

Resultado de imagem para impressao falha abs filamento 3D

2. Filamento de PLA

O PLA é um plástico feito de matérias primas renováveis. Ele é Reciclável, Biodegradável, Biocompatível e Bioabsorvível. Isso significa que é o plástico ideal para aplicações alimentares e para quem quer reduzir o impacto ambiental dos produtos impressos.

Resultado de imagem para PLA 3D printed part for food use filamento

No mundo da impressão 3D o PLA é muito popular. É o material mais fácil de se imprimir não tendo grandes problemas com empenamento ou descolamento de camadas. Ele possui resistência mecânica inferior ao ABS e ele é mais caro. Por outro lado é muito mais fácil de imprimir e algumas peças só são possíveis de serem fabricadas de PLA.

No entanto a mesma baixa temperatura de impressão que permite ao PLA ser tão fácil de imprimir causa problemas em aplicações a temperaturas mais altas. Ele perde as propriedades mecânicas a partir dos 50ºC.

3. Filamento de PETG

O PET é o plástico mais usado no mundo, desde em fibras de roupas até as garrafas plásticas que todos conhecemos. Entretanto, em sua forma bruta, ele é muito difícil de imprimir. Para contornar isso ele é usado com pequenas modificações, como é o caso do ‘G’ que indica que foi modificado com glycol.

Esse filamento une a resistência mecânica do ABS com a facilidade de impressão do PLA e ainda adiciona um acabamento lindo às impressões. Por isso ele é o filamento mais caro dessa lista de básicos.

Resultado de imagem para PETG 3D printed part filamento

Apesar de ser um bom compromisso entre os dois principais, o PETG não supera nenhum deles em seus nichos. Assim, o PLA continua sendo mais fácil e biodegradável e o ABS mais barato e mais resistente. Mas se resistência mecânica é o que você quer ver de verdade, fique atento aos nossos posts porque muito em breve vamos fazer um exclusivo sobre isso.

Caso esteja pensando em imprimir a sua peça ou queria comprar uma impressora com confiabilidade e o know how de quem está há 5 anos nesse mercado, entre em contato conosco!

Categorias: Sem categoria

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *